Correias com Revestimento

Correias Revestidas

Tratamentos de superfície dão aos engenheiros a oportunidade de alterar as propriedades da superfície natural de uma correia de metal, fita ou polia. Tratamentos de superfície podem ser aplicados a uma ou ambas as superfícies de uma correia ou fita, ou a uma polia. Os métodos de aplicação incluem cobertura, colagem, laminação e ligação.

Dependendo do método selecionado, a espessura do tratamento de uma superfície pode ser de apenas 0,002”. A superfície pode ser uniforme ou, para proporcionar casas na superfície da correia para transporte de pequenos componentes, perfurada ou recortada. Furos de vácuo podem ser combinados com casas para orientação mais positiva e retenção de partes delicadas durante o transporte.
Para características primárias mecânicas e físicas de tratamentos de superfície populares, veja a Tabela 2 (Incluir Tabela).

TEFLON®: Teflon se tornou a palavra familiar como um revestimento antiaderente para utensílios de cozinha. Teflon está, na verdade, disponível numa variedade de formulações, cada uma tendo propriedades de operação distintas com relação a característica de liberação, oleosidade, resistência a abrasão, variação de temperatura e cor.

ECLIPSE®: Revestimentos Eclipse compatíveis com FDA são revestimentos de alta liberação e extremamente resistentes ao desgaste. Sua superfície antiaderente de três coberturas, alta fusão, reforçada internamente, oferece resistência a abrasão mais de 10 vezes do que Teflon. É resistente a químicos domésticos e possui propriedades de alta antiaderência, resistência a oxidação e desempenho em altas temperaturas. É diferente de todos os outros revestimentos antiaderentes no sentido de que o revestimento base contém um combinação de resinas cuidadosamente escolhida e misturada.

O revestimento do meio (na verdade, um revestimento base usado em outros sistemas reforçados) também contém o elemento de reforço especial, enquanto o revestimento superior é rico em fluoropolímeros e é inteiramente dedicado a propriedades de liberação (característica antiaderente).

URETANO OU NEOPRENE: Tanto o uretano como neopreme de células abertas ou fechadas alteram o coeficiente de atrito da superfície de uma correia de metal e também pode agir como um abrigo para partes delicadas. Estes materiais são ligados de forma segura a uma correia de metal. Antes da ligação, eles podem ser recortados quando uma geometria de casa específica é importante.

SILICONE: Quando o ambiente não é adequado para outros revestimentos, silicone pode ser uma boa opção. Silicone tem propriedades únicas, incluindo uma superfície de alto atrito, propriedades de liberação, a capacidade de resistir a temperaturas elevadas e flexibilidade extrema. Ligar silicone a correias de metal pode ser difícil, mais existem soluções que podem funcionar.

OPÇÕES: A gama de opções para tratamentos de superfície é tão grande que não pode ser totalmente documentada neste guia. Tratamentos de superfície incomuns incluem compostos de fluorocarbono, cobertura de cobre, revestimento em ouro e ligação de pó de diamante. As especificações apropriadas serão uma função de aplicação e tecnologia. A equipe de engenharia da Belt Technologies terá o prazer de discutir questões relacionadas às suas necessidades específicas.