Belt Technologies | Esteiras de aço são o topo do leite para Tetra Pak

A Tetra Pak lançou recentemente a Tetra Evero Aseptic um–litro – a primeira garrafa-caixa asséptica para leite.

A nova caixa combina o fácil manuseio e forma de servir de uma garrafa com as vantagens ambientais e de custos de uma caixa. Inicialmente, está sendo direcionada ao mercado de leite ambiente branco, incluindo produtos enriquecidos não sensíveis a oxigênio, incluindo leite e creme com sabores.

Diferentes dos materiais de papel cartão tradicionais, que são assepticamente esterilizados antes de serem postos no formato, a Tetro Evero Aseptic é pré-formada e não é embalada plana, o que significa que exige uma abordagem alternativa.

A maioria das tecnologias existentes para esterilizar formatos executados contam com um processo de condensação de gás. Este processo envolve a condensação de gás na superfície do material, mas sabe-se que isto é complexo e difícil de controlar.

A Tetra Evero Aseptic, no entanto, usa uma nova técnica de esterilização na fase gasosa que envolve as caixas passando em pares por uma câmara asséptica exclusiva, onde são expostas a peróxido de hidrogênio. O gás entra em contato com o pacote executado inteiro – dentro e fora, removendo quaisquer contaminações que possam ter estado presentes antes de entrar na câmara asséptica.

As caixas são transportadas em esteiras de aço durante este processo de produção. O uso de esteiras de aço é uma alternativa altamente higiênica ao uso de sistemas de esteiras transportadoras de plástico e PU tradicionais. Evitar que contaminações se espalhem é imperativo em tecnologia de esteiras: esteiras de aço são muito mais fáceis de limpar do que suas contrapartes plásticas e não precisam ser lubrificadas para transmitir energia. Isto é importante porque germes e bactérias potencialmente nocivas são atraídos ao pó gerado por graxa lubrificante, os quais podem contaminar alimentos e outros produtos.

As esteiras de aço não estão disponíveis apenas como transportadoras planas, elas podem ser adaptadas de muitas maneiras e oferecem soluções novas e instigantes para uma variedade de problemas de transporte complicados. A esteiras podem ser perfuradas com padrões complexos para aplicações de cronometragem, vácuo e dosagem.

Juntas, a tecnologia de esteira em aço e a nova técnica de esterilização na fase gasosa usadas na produção da nova Tetra Evero Aseptic resultaram num meio altamente eficaz de esterilidade comercial – um desenvolvimento inovador que agora deve estabelecer o padrão ouro para a produção de empacotamento asséptico através da Europa e do resto do mundo.